Quinta-feira, 18 de Agosto de 2005

''Almas que se encontram''

emptyemystic.jpg


Dizem que para o amor chegar não há dia, não há hora nem momento marcado para acontecer. Ele vem de repente e se instala no mais sensível dos nossos órgãos, o coração. Começo a acreditar que sim. Mas percebo também que pelo fato deste momento não ser determinado pelas pessoas, quando chega, quase sempre os sintomas são arrebatadores. Vira tudo às avessas e a bagunça feliz se faz instalada.


Quando duas almas se encontram o que realça primeiro não é a aparência física, mas a semelhança d'almas. Elas se compreendem e sentem falta uma da outra. Se entristecem por não terem se encontrado antes, afinal tudo poderia ser tão diferente. No entanto sabem que o caminho é este e que não haverá retorno para as suas pretensões.


É como se elas falassem além das palavras, entendessem a tristeza do outro, a alegria, o desejo, mesmo estando em lugares diferentes. Quando almas afins se entrelaçam passam a sentir saudade uma da outra num processo contínuo de reaproximação até a consumação.


Almas que se encontram podem sofrer bastante também, pois muitas vezes tais encontros acontecem em momentos onde não mais podem extravasar toda a plenitude do amor que carregam, toda a alegria de amar e querer compartilhar a vida com o outro, toda a emoção contida à espera do encontro final.


Desejam coisas que se tornam quase impossíveis, mas que são tão simples de viver. Como ver o pôr-do-sol, caminhar por uma estrada com lindas árvores, ver a noite chegar, ir ao cinema e comer pipocas, rir e brincar, brigar às vezes, mas fazer as pazes com um jeitinho muito especial. Amar e amar, muitas vezes sabendo que logo depois poderão estar juntas de novo sem que a despedida se faça presente.


Porém muitas vezes elas se encontram em um tempo e em um espaço diferentes do que suas realidades possam permitir. Mas depois que se encontram ficam marcadas, tatuadas e ainda que nunca venham a caminhar para sempre juntas, elas jamais conseguirão se separar.


E o mais importante: terão de se encontrar em algum lugar.


Almas que se encontram jamais se sentirão sozinhas porquanto entenderão, por si só, a infinita necessidade que têm uma da outra para toda a eternidade.


=Paulo Fuentes=


 

publicado por emptysoul às 09:21
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De elizete a 8 de Março de 2006 às 12:28
Adorei seu espaço muito lindo, tanto palavras quanto imagens, parabens...beijos


De Maria Papoila a 9 de Setembro de 2005 às 21:30
... entrei pelo apelo do nome..."Canto da Alma"...genial! Este texto é maravilhoso e o teu blog um afago para a alma. Bem Hajas


De gaivotadaria a 29 de Agosto de 2005 às 22:40
Sente-se tudo isso assim como falas quando é um amor recíproco e é lindo sim, enquanto dura, pode durar pouco e não ser mais de que uma ilusão mas também pode durar para sempre e transformar-se na razão de viver.


De maltes a 28 de Agosto de 2005 às 00:17
Este texto é fabuloso, gostei de visitar este teu cantinho.


De Luis F a 25 de Agosto de 2005 às 17:39
Ola Ana,
antes d+,gostei da tua kasa
ñ digo xto por dizer,talvez kmo mta gente faz,ms pk tens textos mto lindos e a dékor tá 5estrelas;)
Voltei ag d férias,dai ainda ñ te ter respondido,ms ka xtou p agradecer a tua participação e karinho;)
Vou voltar,ja konstas no meu roteiro eeeehehehe
Continua,
bjoka e ate ja;)))


De sussurros da lua a 19 de Agosto de 2005 às 23:45
Tão lindo...o encontro de almas! Mil beijinhos!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.posts recentes

. Stylesheet

. principal

. Ao fechar os olhos...

. Teu corpo é um diálogo se...

. Teu Corpo

. Vem deitar-te a meu lado

. Promessa

. Mensageira

. Faz amor comigo

. Eu sei...

.arquivos

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds