Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2005

Ah! Como gosto...


 


Gosto! Ah! Como gosto!
Do cheiro do teu corpo
E desse jeito meio louco
Que tens de me beijar


Gosto! Ah! Como gosto!
De sonhar com o teu corpo
Sempre perto do meu corpo
Quando estou a trabalhar


Gosto! Ah! Como gosto
De sentir todo o teu corpo
Bem juntinho ao meu corpo
Me fazendo delirar


Gosto! Ah! Como gosto!
Do gosto do teu corpo
E desse grito meio rouco
Que emites ao me amar


Gosto! Ah! como gosto!


De te amar...



-Lenise Resende-


 

</blockquote></blockquote>
publicado por emptysoul às 17:09
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 20 de Fevereiro de 2005

Despir-te

tree-amor[1].jpg</p>Despir-te

a sentir a elegância da tua chegada
é excitante.</p>Tudo se distingue. Teu olhar giesta.
Teu silêncio de outono. Tua pele de plantas.</p>Anuncio-te a mim. Tarde me vi flor
para a abelha poisar sonora.</p>Poisaste. Teus ombros eram uma espécie de
céu esguio
nas veredas da cama destinada.</p>Pouco mais sei. No sítio da sofreguidão
uma outra sofreguidão repõe o apetite.</p>É nesse intervalo que caminho.
</p>

Artur Lucena
publicado por emptysoul às 14:48
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2005

Serenata

pauta.JPG


 


São para ti, os sons deste acorde
Que os meus poemas fazem ecoar
E pelas notas quero que recordes
Do coração que esteve a dedilhar.


Não faço versos...faço melodias
Em serenatas para os sonhos teus
Pelos arpejos não te esquecerias
Daquele som igual aos beijos meus.


Na mesma pauta, canta o coração
Em cada estrofe que a alma entoa
Acalantando, na mesma canção
O coração que pulsa em leve garoa.


Enquanto dormes, algo ainda canta
São minhas mãos a escrever teu nome
Pois é a fonte que o mal suplanta
E que também sacia a minha fome.


E sendo assim, ao som da harmonia
Vou repassando todos os solfejos
Sentindo perto o som que me arrepia
Sentindo forte o som daqueles beijos.



=Almir Alves=

publicado por emptysoul às 16:06
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Fevereiro de 2005

Janelas Abertas

amore.jpg</p>


Sim...
Eu poderia fugir, meu amor
Eu poderia partir

Sem dizer pra onde vou
Nem se devo voltar
</p>
Sim...
Eu poderia morrer de dor
Eu poderia morrer
E me serenizar
</p>
Ah...
Eu poderia ficar sempre assim
Como uma casa sombria
Uma casa vazia
Sem luz nem calor
</p>
Mas...
Quero as janelas abrir
Para que o sol possa vir
iluminar nosso amor...
</p>

Autor: Tom Jobim e Vinicius de Moraes
publicado por emptysoul às 18:22
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 15 de Fevereiro de 2005

É Só o Que Preciso

amor.jpg</p>


Um corpo, um rosto, um sorriso
Um beijo, um afago preciso.
Um cheiro, um abraço, um suspiro
Um corpo que deita, se estica... um respiro.
</p>
Um soar vagaroso nos ouvidos atentos

As mãos bailando num ventre gostoso
A boca, um sorriso, os olhos fechados.
</p>
Amor, precipício, é tudo imaginado...
Um mover, penetrar, um gesto sentido
Um jeito de amar e me dar um abrigo.
</p>
Abrigo sereno, tão cheio de paz

Movimentos amenos, cheiros a exalar.
</p>
Um mar de doçura, prazer infinito
A onda gigante que explode em mim,
o corpo levanta e se entrega de todo
querendo mostrar que é poderoso
quer muito e tem muito pra dar.
</p>
Assim como o mar cortando o infinito
O abraço apertado, o par de sorriso
É tudo o que quero
Só quero o abrigo
É só o que preciso...
Preciso amar...
</p>
publicado por emptysoul às 17:36
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 9 de Fevereiro de 2005

Eu Quero

FLASHDEAMOR001[1].jpg</p>

Não quero a boca fechada
Não quero o beijo passivo
Não quero a carícia tímida
Não quero a inércia do amor
</p>

Não quero o gesto contido
Não quero a voz reprimida
Não quero os olhos fechados
Não quero limites no amor
</p>

Eu quero a entrega total
Eu quero o amor imoral
Eu quero o segredo de alcova
eu quero o corpo suado
</p>

Eu quero o beijo roubado
Eu quero a certeza do amor
Eu quero o amor impossível
Eu quero o prazer e a dor
</p>

Eu quero enfim a beleza
Eu quero a alegria da vida
Eu quero ser dono da alma
Eu quero o suspiro sem fim
</p>

- Almir Capthor –
publicado por emptysoul às 17:14
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 5 de Fevereiro de 2005

ternura

mar.jpg</p>

Ternos são teus olhos
quando tão dentro dos meus
Fitam-me com tanto amor e doçura
dando luz e esperança
à minha vida.


Ternas são tuas mãos
quando segurando as minhas
passam todo carinho e segurança
que tanto bem fazem
à minha alma.


Ternas são tuas palavras
que sempre vêm acompanhadas
de um sorriso meigo e sincero
deixando meu coração
radiante de alegria e encantamento.


Ternos são teus beijos
que começam tão mansamente
e numa ternura crescente
desvendam todo nosso amor.


Terno é o teu corpo
quando tão junto ao meu
me enfeitiça, me faz cativa
na procura mais louca
do acto supremo.


Ternura é tudo que vem de ti
teus olhos, tuas mãos
tuas palavras, teus beijos, teu corpo...
pois tu és a própria ternura.


Tânia Mari


 

publicado por emptysoul às 13:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Fevereiro de 2005

Entre nós

sonho.JPG 

...........Do teu sorriso faço estrelas
.......... No espaço entre nossos olhos.

.......... Das estrelas fazemos um beijo
.......... Entre o espaço de nossos lábios.

.......... Dos teus beijos faço um afago
.......... Entre o espaço de nossos toques.

.......... Dos afagos fazemos amor
.......... No espaço entre nossos corpos.



............==Geraldo Crivelatti=

publicado por emptysoul às 16:02
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.posts recentes

. Stylesheet

. principal

. Ao fechar os olhos...

. Teu corpo é um diálogo se...

. Teu Corpo

. Vem deitar-te a meu lado

. Promessa

. Mensageira

. Faz amor comigo

. Eu sei...

.arquivos

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds